o caminho para a felicidade

Este blog é nada mais que o relato da minha luta contra a compulsão alimentar. O caminho a percorrer pode ser longo e difícil, mas eu vou conquistar a minha felicidade! Eu sou capaz.

07 janeiro 2006

Resistindo aos impulsos...

Olá pessoal!

Obrigada pelos comentários. É tão bom sentir que alguém se interessa por nós! Comentem sempre, nem que seja só para dizer um olá que eu já fico feliz!
Quanto às compulsões, para já, nem vê-las. Já senti aquele chamamento vindo do frigorífico, mas consegui (nem sei como) controlar-me. Antigamente, eu comia muito mais durante esses episódios de compulsão, acho que agora estou mais atenta e consigo parar mais cedo. Já não fico tão mal disposta como ficava, o que é sinal que já não como tanto. Anteriormente chegava a haver alturas em que eu até comia o que não tinha vontade de comer, tipo massa e pão, só para me sentir cheia. Acho que na verdade, eu sentia-me vazia por dentro! Agora estou um bocadinho melhor comigo mesma e como não estou tantas vezes deprimida, acabo por não ter tanto desejo de compensar a tristeza com comida. Apesar de me sentir triste por não poder vestir o que quero e de não ver no espelho a imagem que desejaria, gosto de mim. Claro que gostaria mais se estivesse mais magrinha. Não quero ser esquelética, só quero voltar a caber nas minhas calças de ganga preferidas. Aquelas que faziam os tipos voltarem a cabeça, aquelas que ficavam bem com tudo, aquelas que eram sexy e, ao mesmo tempo, confortáveis. Aquelas que eu vestia quando pesava 63/64Kg.
Quero emagrecer, mas quero ir devagarinho. Sou como um gatinho escaldado que tem medo de se enfiar na água. Já emagreci demasiado rápido e voltei a engordar tudo de novo. Por isso, quero aprender a controlar-me, conhecer melhor o meu comportamento. Afinal, esta é uma mudança para a vida inteira! Tenho de assimilá-la muito bem. Nada de recorrer a velhos truques de passar fome, recorrer a laxantes, dietas líquidas ou demasiado exercício. Agora, é a sério! Agora, conheço-me melhor: já sei que a partir do fim da tarde é quando tenho mais vontade de comer, já sei que se estiver ocupada com algo que me dê prazer, a vontade passa rápido. Ver Tv quando estou com fome está fora de questão. Deitar-me com a sensação de estômago vazio também não é aceitável, nem ir às compras com fome ou faltar ao ginásio.
Vou-vos contar um truque para não faltarem ao ginásio. Fiz o meu marido prometer que não me deixaria faltar ao ginásio, nem que eu lhe suplicasse para não ir!! De manhã, quando acordo, normalmente estou motivada e então digo-lhe que nesse dia vou ao ginásio. Ao final do dia, a preguiça ataca e nem sempre tenho vontade de ir, então o maridão entra em acção e expulsa-me de casa. Mas expulsa mesmo! Até já discuti com ele por causa disso! Às vezes não quero mesmo ir, mas ele não me deixa faltar. Depois, quando venho do ginásio dou-lhe um beijinho e digo obrigado. Porque ele tem razão, faz-me sentir muito bem aquela horinha de treino, especialmente depois de um dia cansativo!

É verdade, já me esquecia! Segui o conselho da pirulita e fui ontem ao tal armazém na Maia e comprei finalmente as botas castanhas! Uffa... tava a ver que não...

Beijos enoooooooooooooooooooooooormes!

8 Comments:

At domingo, janeiro 08, 2006, Blogger Biológica said...

olá Kitty!! Fico feliz por saber, que já está a haver evolução! Beijitos e força para seguir em frente!!******

 
At segunda-feira, janeiro 09, 2006, Anonymous cat said...

OI!!! Vim visitar-te e gostei mto do teu cantinho!! Vou com certeza voltar mtas mais vezes e acompanhar o teu percurso, jnhos

 
At segunda-feira, janeiro 09, 2006, Anonymous cyberprincess said...

olah:)
realmente estás num verdadeiro processo de evolução!!! parabéns!
bjos* e força*

 
At terça-feira, janeiro 10, 2006, Blogger António Campos said...

Quanto melhor te sentires contigo, menos apelos compulsios terás. Ainda bem que já os controlas, seja porque já os conheces, e prevines as situações mais tentadoras, seja porque te sintas melhor.

Mas ainda te falta um passo nesse sentido: gostas de ti, o que é óptimo, mas ainda tens receio do espelho e das calças.

Puro engano. Eles voltam a cabeça à mesma, desde que os jeans modelem. Sabes porquê? Não, não é instinto. É porque aquilo que era bonito com uns números a menos continua a ser bonito com uns números a mais. A sério.
Digo eu, que também volto a cabeça (ok, ninguém conta deste post à minha mulher, ok?).

Enquanto não voltares a caber nesses jeans, se a carteira te permitir, compra outros, também com aplicações ou lá o que era.

Vais ver que as compulsões somem de vez. vais ver que tens o direito e o dever de te sentires bonitas mesmo sem caberes nos jeans velhos.
Não que não o tentes. Antes pelo contrário. Mas até será mais facil. E até lá, não te negues a nada que já não tivesses antes, sobretudo sentires-te bonita.

bem haja.

 
At terça-feira, janeiro 10, 2006, Anonymous pirulita said...

Querida, ainda bem que vite que devagar se vai ao longe! É aos pouquinhos que se vai construindo o caminho! E depois de se descobrir isso, basta caminhar para lá chegarmos :)

Ainda bem que a dica do armazém da Maia foi útil :) Também lá comprei umas botas castanhas... será que são iguais? hih

BEIJO*

 
At sexta-feira, janeiro 26, 2007, Anonymous Anónimo said...

Best regards from NY!
Br-7 barcode reader dishwasher repair bosch sms 2012 repair mainual Jefferson &aposs view on deficits and debts review our 401k plan retirement+planning+home

 
At terça-feira, fevereiro 06, 2007, Anonymous Anónimo said...

This is very interesting site... How to retrive deleted files Acyclovir doseage fabryka isuzu black lesbian pussy Large breasts high heels Videos voyeur por sms Renault megane classic http://www.convertible-beetle.info/usedcarconvertibleplymouth.html Free practice texas holdem aston martin edinburgh

 
At sábado, março 17, 2007, Anonymous Anónimo said...

Enjoyed a lot! »

 

Enviar um comentário

<< Home